Gestão feminina nos negócios (Bianca Strattner)

Nasci no dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Em quase todas as comemorações do meu aniversário, os homens presentes questionam o fato de eles não terem um Dia Internacional do Homem para serem homenageados. As discussões, muitas vezes calorosas, nos levam a reflexões sobre o papel do chamado sexo “frágil” na sociedade e nos negócios.

Freud já dizia que as mulheres conseguem encarar a vida com mais determinação e sofrem menos de crises existenciais, pois nascem com função definida: procriar. Realmente, durante muito tempo essa foi a principal razão existencial da maioria das mulheres.

Porém, a data escolhida para homenagear a Mulher se deve ao fato de que no dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Daquela data para cá muitas conquistas femininas puderam ser comemoradas.Passado o auge do radicalismo do movimento feminista com suas reivindicações de igualdade de direitos, o mercado de trabalho atual reconhece a necessidade do equilíbrio e da heterogeneidade de percepções que a mistura dos sexos proporciona. Uma empresa com homens e mulheres na chefia tem uma visão muito mais ampla. O compartilhamento do poder decisório com as mulheres no mundo corporativo passou a ser questão de sobrevivência das empresas competitivas.

Características femininas que eram consideradas como fraquezas, viraram vantagens no mundo de negócios atual: impulso para acomodar situações, sensibilidade para a necessidade dos outros, preocupações comunitárias, etc.

Mulheres valorizam mais o trabalho em equipe, são mais perseverantes e constantes, são menos imediatistas e mais capazes de raciocinar em longo prazo, sobrevivem melhor em tempos de aperto, possuem maior abertura e flexibilidade para o aprendizado constante.

Nas 100 Melhores Empresas para se trabalhar no Brasil, 35% dos cargos gerenciais são ocupados por mulheres. Essas mulheres em cargos de chefia reconhecem que precisam trabalhar bem, pois encaram a competição feminina e a desconfiança dos homens.

O segredo para o sucesso da gestão empresarial atual está no reconhecimento, que a matéria prima básica é a imaginação humana, a criatividade, a inovação. A valorização da gestão feminina nos negócios, que é um jeito menos hierarquizado, mais horizontal de administrar baseado em parceria e na valorização do funcionário, tem sido fundamental para o sucesso empresarial de hoje. As empresas não podem mais prescindir do emocional das pessoas e contar apenas com o seu lado racional no dia-a-dia do trabalho.

E onde será que as mulheres adquiriram todas essas características tão imprescindíveis no cenário empresarial de hoje? Acho que podemos voltar a Freud: na certeza de ter uma função definida na vida. Certeza e definição são base para a capacidade de suportar ansiedades e de aceitar a não-perfeição não se sentindo culpada por ausência e falhas.

Bianca Strattner Diretora Administrativa-Financeira de H. Strattner Cia Ltda e Sócia Diretora da Instramed

Para retornar ao post central “Dia Internacional da Mulher, mais do que comemorar, devemos refletir!”, clique neste link.

2 Responses

  1. Simples Soluções » Blog Archive » Dia Internacional da Mulher, mais do que comemorar, devemos refletir! Says:

    [...] “Gestão Feminina nos Negócios” (Bianca Strattner); [...]

  2. JAPM Says:

    Boa sintese da questão de genero

Leave a Comment

Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.