Uma visão feminina no dia internacional da mulher (Luciana Roberta de Moura)

No mês de Março comemoramos o Dia Internacional da Mulher, momento oportuno para divagarmos sobre a importância da mulher do mercado de trabalho, sua essência, perspectivas e sonhos.

O mundo globalizado, competitivo exigiu uma mudança de atitude, com uma busca constante pelo conhecimento. Diante deste cenário, as mulheres investiram mais em educação sendo atualmente presença consideravelmente superior aos homens nas cadeiras das universidades. Viu-se no aprimoramento da educação uma porta para o desenvolvimento de carreira. Mas o que torna a mulher diferente do homem? Estudos científicos conseguiram comprovar que as mulheres apresentam uma visão multifocal, enquanto o homem apresenta uma bifocal, essa uma grande diferença, pois nós mulheres conseguimos desempenhar diversas atividades de forma simultânea. Controlamos o orçamento doméstico e as compras do mês, os filhos, marido, ou mesmo ex maridos, carreira, lembramos o dia do aniversário das pessoas queridas e ainda mandamos uma lembrancinha! Mesmo com todas essas atividades ainda reservamos um minuto para nós, cuidados com higiene e beleza também fazem parte de nossa rotina. Ufa!

Mesmo com o esforço empenhado muitas vezes nos perguntamos: será que estamos dando atenção necessária para tudo? Cobramos-nos para sermos melhores: pessoas, mães, profissionais, esposas, enfim, mantemos uma reflexão constante sobre o que mais poderíamos fazer… Ainda há a busca pela felicidade pessoal, muitas vezes comprometida pelo trabalho, e precisamos inclusive escolher…

Neste ano, tivemos um marco a nível mundial, quando o eleito presidente americano Barack Obama assinou um termo prevendo igualdade salarial entre homens e mulheres americanos, uma vitória com certeza.

Mas ainda falta muito para a mulher receber o devido reconhecimento, falta respeito, por tudo o que a mulher representa. Ainda encontramos homens que menosprezam o valor da mulher, uma lastima, estes não sabem o que perdem com tal atitude.

Afinal, quais são nossas perspectivas? Um mundo melhor e mais justo? Mais igualdade entre homens e mulheres? Respeito? Certamente se algumas mudanças dessas acontecem iríamos sentir a diferença, mas estamos esperando, afinal as organizações já estão mudando sua visão e dando as mulheres o seu devido valor.

A todas as mulheres especiais e essenciais, um grande abraço. Não desistam de seus sonhos diante das negativas que a vida nos impõe, continuem a acreditar, pois realmente é possível. Palavra de mulher.

Luciana Roberta de Moura formanda em Gestão da Produção e formada em Técnico em Contabilidade. Professora do SENAC e palestrante na área de gestão. Atualmente esta desempenhando atividades profissionais na empresa Tecnodrill Indústria de Máquinas tendo como cargo Gerente Administrativo.

Para retornar ao post central “Dia Internacional da Mulher, mais do que comemorar, devemos refletir!”, clique neste link.

Leave a Comment

Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.