Flores da Cunha: Município também cresce com a força dos migrantes (Fonte: O Florense – 01 de junho de 2012)

Capturar

Dando continuidade ao post que publicamos sobre o artigo escrito pela Arquiteta Mirela Ampezan, no sábado passado (01 de junho de 2012), o jornal O Florense publicou uma reportagem sobre a força dos migrantes no município de Flores da Cunha / RS. Os dados desta reportagem foram baseados nos últimos resultados do IBGE, no qual comentam que 38,7% da população não são naturais de Flores da Cunha. A ampliação do número de habitantes foi de 15% na última década.

Esta reportagem somente vem confirmar as minhas suspeitas, pois também somos migrantes, sendo que uma das nossas filhas, de 3 anos, é natural de Flores da Cunha e estamos há 6 anos neste município!

Clique aqui e acesse a reportagem na íntegra.

E você que faz parte dos 38,7% deste município, quais são os motivos que fazem com que considere Flores da Cunha uma dos melhores lugares para viver?

Aguardamos os seus comentários!

One Response

  1. Giovana Ulian Says:

    Acredito que a pluralidade é sempre benéfica. Cabe aos promotores do desenvolvimento fazer com que a pluralidade seja potencializada. A visão de pessoas vindas de fora pode qualificar a opinião e as idéias coletivas…porém cabe a cada migrante se sentir tão parte de flores quanto os que aqui nasceram.

Leave a Comment

Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.