Palestra-Trabalhando-com-o-coracao“Comece com bons funcionários, defina regras, comunique-se com eles, motive-os e recompense-os”

Lee Iacocca, ex-presidente da Chrysler

Trouxemos algumas ideias para aumentar a produtividade dos funcionários e tornar sua empresa um lugar agradável de trabalhar. Algumas dessas ideias, como planos de aposentadoria e de saúde, requerem alguma despesa. Mas quase metade delas, como promover grupos de carona, diminuir a burocracia e dar bom exemplo, depende apenas de boa vontade.

Acerte na contratação

É um erro considerar somente as competências técnicas e o currículo do candidato na hora da contratação. Habilidade para trabalhar em grupo e bom astral também são importantes — essenciais se a posição requer liderança. Na entrevista, algumas posturas do entrevistador colaboram para que a pessoa fique à vontade e revele mais sobre si mesma.

Ouvir mais do que falar, por exemplo, dá mais espaço para o candidato se expor. Deve-se evitar fazer perguntas genéricas, com respostas fáceis de ser adivinhadas — a tendência é o candidato responder aquilo que ele acha que o interlocutor quer ouvir, em vez de revelar sua opinião.

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 4-Gestão de Pessoas, Dica de Leitura, Endomarketing, Formação de Líderes, Pesquisa de Clima Organizacional, Políticas de Cargos Remuneração e Carreira, Posts de Gislaine Angelim Barbosa, Qualidade de Vida, Retendo Talentos, Treinamento e Desenvolvimento

Um vídeo feito para divulgar os resultados de uma pesquisa sobre a relação da geração Y com o trabalho é um dos mais compartilhados da semana. All Work and All Play (Todos Trabalham e Todos Brincam, em tradução livre) mistura imagens de filmes, infográficos e uma trilha sonora cuidadosamente escolhida para mostrar dados que levam a uma conclusão que, no fundo, a gente já sabe: só se é feliz trabalhando com o que se ama.

O vídeo é o resultado de diversos estudos realizados pela Box1824, uma empresa de pesquisas, especializada em tendências de comportamento e consumo.

Confira o vídeo clicando aqui.

Categorias: 4-Gestão de Pessoas, Buscando Talentos, Dica de Filme, Momento de Reflexão, Posts de Gislaine Angelim Barbosa, Qualidade de Vida, Retendo Talentos

Capturar

Dando continuidade ao post que publicamos sobre o artigo escrito pela Arquiteta Mirela Ampezan, no sábado passado (01 de junho de 2012), o jornal O Florense publicou uma reportagem sobre a força dos migrantes no município de Flores da Cunha / RS. Os dados desta reportagem foram baseados nos últimos resultados do IBGE, no qual comentam que 38,7% da população não são naturais de Flores da Cunha. A ampliação do número de habitantes foi de 15% na última década.

Esta reportagem somente vem confirmar as minhas suspeitas, pois também somos migrantes, sendo que uma das nossas filhas, de 3 anos, é natural de Flores da Cunha e estamos há 6 anos neste município!

Clique aqui e acesse a reportagem na íntegra.

E você que faz parte dos 38,7% deste município, quais são os motivos que fazem com que considere Flores da Cunha uma dos melhores lugares para viver?

Aguardamos os seus comentários!

Categorias: Momento de Reflexão, Posts de Hélio Rocha, Qualidade de Vida

02022012122856stressHoje, recebi um e-mail, através do Linkedin, de uma das minhas de amigas, me convidando a participar de uma pesquisa que faz parte do seu trabalho de mestrado. O nome desta profissional é Sra. Vanessa Carneiro, segue abaixo conteúdo na íntegra deste e-mail, com o link para fazermos parte deste trabalho.

Auditores Externos que não são stressados, não precisam fazer parte desta pesquisa (brincadeira .. de mau gosto).

Boa tarde Hélio, tudo bem?

Desculpe se te incomodo, mas é que preciso muito de sua ajuda. Sou Gerente de Auditoria Interna da Fiat Industrial, e estou na fase final para conclusão da minha pesquisa no Mestrado. Para isso, gostaria de poder contar com a sua valiosa colaboração em responder o questionário abaixo.

O tema da minha pesquisa será “Qualidade de Vida no Trabalho dos Auditores Internos e Externos”. O questionário é totalmente anônimo e nenhuma pessoa terá acesso às suas respostas. O intuito da pesquisa não será o de comparar auditores de uma empresa com auditores de outra empresa e sim avaliar o nível de qualidade de vida no trabalho e estresse, percebido pelas duas categorias profissionais.

Abaixo o link para pesquisa:

http://www.EnqueteFacil.com/RespWeb/Qn.aspx?EID=1195590

O tempo estimado para conclusão do questionário é de 20 minutos.

Gostaria ainda de solicitar que se possível, encaminhe esse e.mail aos seus contatos auditores, para que possa obter o maior numero de respostas possíveis. Recebi um numero de respostas consideráveis para os auditores internos, quanto ainda preciso de um numero maior de auditores externos.

Esse questionário somente deve ser preenchido por pessoas que estejam exercendo atividades de auditoria interna ou externa, independente do nível hierárquico.
O prazo que possuo para concluir esta pesquisa é dia 13/06/2012, portanto se puder responder antes dessa data, será de muita valia.

Agradeço imensamente sua ajuda, e se puder me enviar um e.mail quando tiver terminado de responder a pesquisa agradeço muito também.

Abs,

Vanessa Carneiro

Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, Formação de Auditores Internos, ISO 19011, Momento de Reflexão, Organismos Certificadores, Posts de Hélio Rocha, Qualidade de Vida, Voluntariado

Capturar

Dando continuidade sobre o evento Planejando Flores da Cunha no qual comentei anteriormente, esta semana recebemos um artigo elaborado pela minha amiga, sim aquela que no inicio do texto do post anterior, participou junto comigo deste evento. Seu nome é Mirela Ampezzan, arquiteta formada na UFRGS, natural de Antônio Prado / RS mas morando com a sua linda família a cerca de 8 anos em Flores da Cunha / RS.

Segue abaixo o seu texto:

PORQUE MORO EM FLORES?

Sou arquiteta e moro com a minha família, em Flores da Cunha / RS faz 8 anos. Por várias vezes pensei em morar em Caxias do Sul / RS porque a maioria dos meus clientes é de lá e seria muito mais prático para mim morar na cidade vizinha.

Mas optei por “Flores”. Por quê?  Pelas vantagens de cidade pequena: o custo de vida é menor, as distâncias são menores, as pessoas se conhecem mais, as crianças tem mais autonomia, ainda podem andar sozinhas com relativa segurança. Também não é tão pequena quanto Nova Pádua / RS ou Nova Roma / RS, que oferece uma quantidade de serviços reduzida. “Flores” tem uma rede de serviços básicos razoáveis como hospital, cursos, escolas, lojas, etc. e a qualidade de vida em geral é muito boa!

Quando eu participo deste tipo de encontro, planejando a cidade para o futuro, eu penso no meu futuro aqui. Acho que brevemente terei que me mudar. Vejo as pessoas que estão lá, sinceramente, com boas intenções, querendo que a cidade cresça. Mas me pergunto sobre esta idéia de crescer indefinidamente. Vejo o grupo que elaborou as propostas do desenvolvimento sócio econômico pensando em trazer mais indústrias, com incentivos, etc. Leia mais clicando aqui »

Categorias: 1-Gestão Estratégica, Análise macroeconômico, Elaboração de cenários, Momento de Reflexão, Pensamento Sistêmico, Planejamento Estratégico, Posts de Hélio Rocha, Qualidade de Vida, Tendências

No inicio deste mês de maio, mais especificadamente no dia 5, participei, acompanhada de uma amiga (clique aqui, e leia o artigo que ela elaborou), de um evento na cidade onde eu moro, Flores da Cunha / RS.

DSC02767O evento foi organizado pelo Partido do Movimento Democratico Brasileiro (PMDB) e reuniu cerca de 120 representantes de entidades municipais que congregam os segmentos da indústria, comércio e serviços, imprensa, entidades vinculadas a causas sociais e/ou filantrópicas, representantes de partidos políticos e de entidades de representação profissional e de agremiações, além dos líderes de bairros da cidade e das comunidades do interior.

Com o tema Planejando Flores da Cunha, a agenda foi extremamente produtiva, sendo que no inicio foi apresentado um panorama histórico do desenvolvimento sócio / cultural / econômico do município, através da Sra. Lorete Calza Paludo. E na sequencia os participantes se dividiram em 10 grupos de trabalho, divididos da seguinte forma:

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 1-Gestão Estratégica, Análise macroeconômico, Pensamento Sistêmico, Planejamento Estratégico, Posts de Hélio Rocha, Qualidade de Vida

mudarempregoDesinteresse pelo trabalho é um sintoma clássico!

Confira abaixo 10 sinais de que é hora de mudar de emprego ou até mesmo seguir outra carreira:

1. Você acorda toda manhã pensando: “Droga, tenho que ir trabalhar de novo”

Se você começa o dia com esse pensamento, leia o trecho abaixo:

“Find something that you love. Something that gets you so excited you can’t wait to get out of bed in the morning”.

“Encontre algo que você ame. Algo que o motive e que faça com que fique ansioso para sair logo da cama pela manhã”.

Chris Gardner

2. Você se irrita com facilidade no dia a dia

Todos nós já tivemos aquele momento de estresse em que perdemos a paciência. Porém, se isso é rotineiro e está influenciando até sua vida pessoal, é importante refletir se realmente está no lugar certo.

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 1-Gestão Estratégica, 4-Gestão de Pessoas, Nossas Alianças Estratégicas, Planejamento Pessoal / Profissional, Posts de Gislaine Angelim Barbosa, Psicologia Organizacional, Qualidade de Vida, Retendo Talentos
Nenhum comentário 8/04/2012 | Por: Hélio Rocha
Feliz Páscoa!

Apresentação1

Categorias: Posts de Hélio Rocha, Qualidade de Vida

139-saude-004-630x270

O Hospital do Coração (HCor), em São Paulo, realizou em 2009 um levantamento com executivos que passaram pelo check-up da instituição. Em um resultado parcial, já foi identificado que 75% dos entrevistados sentem ansiedade e 51%, irritabilidade, dois sintomas associados ao estresse. Um profissional que se desgasta emocionalmente com frequência corre o risco de desenvolver a síndrome de burnout, uma situação extrema de estresse. Isso tende a desencadear doenças como transtorno de ansiedade ou de humor, que incluem a depressão e a bipolaridade, diz o psiquiatra Carlos Henrique Rodrigues, pesquisador e supervisor do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, em São Paulo. O estresse emocional também prejudica o corpo, aumentando o risco de doenças cardíacas e gastrintestinais. Por isso, é importante manter a mente sã.

Válvulas de escape:

Carol Kauffmann, consultora de imagem, de 35 anos, conta: No ano passado, senti na pele o que é uma crise de pânico. Agora, além de tomar medicamento leve, controlo os fatores que podem gerar uma recaída. Para afastar a ansiedade, eliminei a cafeína e evito ficar muito tempo sem comer. Faço esporte porque a liberação de endorfina reduz o estresse. Faço massagem uma vez por semana. Quando não estou num dia bom, diminuo o ritmo de trabalho e do treino. Tento escutar meu corpo.

139-saude-004_002-400x270Sinal Verde – Dicas para buscar harmonia:

Ande mais devagar (literalmente). Nos fins de semana, caminhe com tranquilidade e permita-se reparar em outros elementos a sua volta, seja uma paisagem, seja uma pessoa diferente.

Sempre que possível, evite levar trabalho para casa. Às vezes, no piloto automático, você faz tarefas em casa que poderiam ser feitas na manhã seguinte, no escritório. Leia mais clicando aqui »

Categorias: Dica de Leitura, Momento de Reflexão, Posts de Gislaine Angelim Barbosa, Psicologia Organizacional, Qualidade de Vida
Nenhum comentário 24/02/2012 | Por: Gislaine A. Barbosa
Os 10 mandamentos de um bom profissional!

10 Mandamentos da QualidadeNeste “mundo corporativo”, às vezes, diante de tantas regras a serem seguidas para uma boa convivência, esquecemos-nos do básico. Diante disto, gostaríamos de lembrar, através de uma mensagem que esta há um bom tempo “girando” na internet.

Clique aqui e reflita sobre a mensagem.

Um bom final de semana à todos!

Gislaine Argelim Barbosa

Email: gislaine@simplessolucoes.com.br

Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, 4-Gestão de Pessoas, Coaching, Dica de Leitura, Formação de Líderes, Momento de Reflexão, Nossas Alianças Estratégicas, Posts de Gislaine Angelim Barbosa, Psicologia Organizacional, Qualidade de Vida

« Posts anteriores