Ao iniciar a jornada lean, um dos fatores críticos para a construção do Mapa de Fluxo de Valor é um entendimento claro, de como definir as famílias de produtos em empresas com alta variedade de produtos, baixa demanda e características distintas em um ambiente Make to Order (MTO), nas quais os produtos são fabricados conforme especificação do cliente.

Neste contexto, o objetivo deste artigo é apresentar a aplicação do algoritmo Close Neighbour Algorithm (CNA) na definição das famílias dos produtos de uma empresa fabricante de conjuntos soldados da linha agrícola, com a finalidade de desenvolver competências operacionais para atingir lead times reduzidos e previsíveis, assim como necessidade de uma alta confiabilidade na entrega ao cliente.

A incorreta classificação das famílias de produtos acaba influenciando de forma ineficaz no Mapeamento de Fluxo de Valor (VSM), pois o mesmo representa uma das portas de entrada para a implementação Lean.

Uma família é um grupo de produtos que passam por etapas semelhantes de processamento e utilizam equipamentos comuns nos processos anteriores (ROTHER e SHOOK, 2003). Sendo assim, infelizmente o conceito, ou melhor o pré conceito existente de que famílias de produtos esteja vinculado com produtos de mesma aplicação e / ou características geométricas, por exemplo, esta totalmente errado.

No estudo de caso, o algoritmo de agrupamento Close Neighbour Algorithm, desenvolvido por Boe e Cheng (1991), foi utilizado para a determinação da família de 245 produtos.

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 2-Gestão da Produção Enxuta (Lean Manufacturing), Close Neighbour Algorithm (CNA), Mapeamento de Fluxo de Valor (VSM), Nossas Alianças Estratégicas, Posts de Sérgio Ari Tonezer, Textos