grupo_trabalho1-150x150É possível trabalhar com e liderar as pessoas de todas as gerações de forma eficaz sem arrancar o seu cabelo?

Absolutamente, mesmo com a tão propagandeada geração Y mais recentemente.

As seguintes dez verdades sobre conflito de gerações podem ajudá-lo a ver o passado de estereótipos e se tornar um líder mais eficaz para as pessoas de todas as idades. Vamos olhar para cada uma com mais profundidade:

Verdade #1 – Todas as gerações têm valores semelhantes.

Muitas pessoas pensam que existem enormes diferenças de valores entre pessoas mais velhas e mais jovens. Entretanto, as diferentes gerações, na verdade têm valores bastante semelhantes. “Família” é o valor escolhido mais freqüentemente por pessoas de todas as gerações. Outros valores incluídos são realização, integridade, amor, competência, alegria, auto-respeito, sabedoria, equilíbrio e responsabilidade.

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 4-Gestão de Pessoas, Buscando Talentos, Coaching, Dica de Leitura, Formação de Líderes, Gestão por Competências, Posts de Hélio Rocha, Retendo Talentos

Sem títuloQuando o 5S foi criado no Japão no final de década de 50 não existiam computadores pessoais. Por conta disto, a prática de seus conceitos ficou limitada às coisas físicas e comportamentais. Apesar de algumas empresas pregarem a prática do 5S nos computadores, existe pouca ou nenhuma sistemática para tal; há pouca continuidade na abordagem e os resultados têm sido pífios e incapazes de formar uma cultura. Desta forma, resta a pergunta: Como fazer o 5S nos computadores?

À medida que avançamos no tempo, o ser humano convive e depende cada vez mais dos meios eletrônicos. No entanto, poucas empresas e pessoas adequam a prática de 5S aos seus computadores. A conseqüência é o acúmulo desenfreado de memória dos computadores e servidores e a própria perda de tempo na localização de um arquivo.

Algumas iniciativas têm sido criadas pelas áreas de Tecnologia e Informação (T&I), como a limitação de memória da caixa de correios eletrônicos e a exclusão de arquivos não manuseados há um certo tempo. O problema é a necessidade da flexibilização para diversas situações que estas regras não se enquadram. Além do mais, a prática do 5S nos computadores não pode se limitar apenas à eliminação de arquivos obsoletos, mas deve se estender à organização dos arquivos. Para estas duas vantagens, a prática dependerá mais uma vez de uma mudança comportamental e não apenas de regras oriundas de um determinado departamento.

Leia mais clicando aqui »

Categorias: Dica de Leitura, Momento de Reflexão, Posts de Hélio Rocha, Programa 5 S, Programa 8 S

Hoje, quarta-feira, dia 10/04/13, concluímos a formação de mais uma equipe de auditores internos na ISO 9001:2008, na Santa Cruz Rodovias S.A., nosso cliente! Participaram desta turma, 13 colaboradores, sendo que oriundos das atividades de: operação de praça,arrecadaçãoresgateguincho!

Foto da Turma

Possuímos um carinho / atenção especial para com esta empresa e seus colaboradores, pois fizemos parte da implementação e certificação do seu sistema de gestão, a cerca de 10 anos!

Desejamos sucesso à todos e que aproveitem ao máximo esta oportunidade de melhoria!

Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, ISO 19011, ISO 9001, ISO 9004, Nossos Clientes, Posts de Hélio Rocha

O SENAI-MT na semana passada realizou o treinamento / capacitação de Auditores Internos – ISO 9001 na empresa CEMAT - Rede Energia, em Cuiabá / MT.

Foram 37 profissionais, com uma carga horária de 24 horas! Foram realizadas diversos exercícios, estudos de caso e troca de experiência! No final, no último dia, foi realizado um exame para avaliar o nível de entendimento das informações repassadas.

Foto da Turma-CEMAT

Tive a oportunidade de ministrar este treinamento com o apoio fundamental das seguintes Técnicas do SENAI-MT: Sra. Preciosa do Vale e Sra. Leda Chiaparini.

Desejamos sucesso à todos os participantes!

Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, ISO 19011, ISO 9001, ISO 9004, Nossas Alianças Estratégicas, Nossos Clientes, Organismos Certificadores, Posts de Hélio Rocha

Capturar

Na semana passada, ou seja, quarta-feira (13/03/13) concluímos o desenvolvimento de uma nova equipe de auditores internos, na Incoterm Indústria de Termômetros Ltda.

Nesta turma, 20 colaboradores foram qualificados através de encontros que mesclavam teoria, exercícios e repasse de experiências! No final do treinamento, realizamos um exame para avaliar o nível de entendimento sobre os assuntos abordados.

Foto do Treinamento

Possuímos um carinho / atenção especial para com esta empresa e seus colaboradores, pois fizemos parte da implementação e certificação do seu sistema de gestão, a cerca de 13 anos!

Sistema de Gestão desta empresa atualmente é integrado … e certificado, ou seja, atende os requisitos da NBR ISO 9001NBR ISO 17025RDC 59!

Desejamos sucesso à todos e que aproveitem ao máximo esta oportunidade de melhoria!

Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, Formação de Auditores Internos, ISO 17025, ISO 19011, ISO 9001, ISO 9004, Nossos Clientes, Posts de Hélio Rocha

Dando continuidade ao post anterior (clique aqui).

Comparando um sistema com o outro, a própria norma ISO 9001 reconhece a similaridade que há entre a própria ISO 9001 e os modelos de excelência em gestão. Transcrevo abaixo, na íntegra, o item da ISO 9001 que aborda esta relação:

2.12 Relação entre sistemas de gestão da qualidade e modelos de excelência

As abordagens dos sistemas de gestão da qualidade apresentados nas normas da família NBR ISO 9000 e nos modelos de excelência organizacional são baseadas em princípios comuns. As duas abordagens:

a) permitem a uma organização identificar seus pontos fortes e seus pontos fracos;

b) permitem disposições para a avaliação com base em modelos genéricos;

c) fornecem uma base para a melhoria contínua, e;

d) prevêem disposições para o reconhecimento externo.

A diferença entre a ISO 9001 e os modelos de excelência está no escopo da sua certificação. A ISO 9001 fornece requisitos para o sistema de gestão da qualidade e diretrizes para melhoria do desempenho, as avaliações / auditorias dos sistemas da qualidade determina o atendimento desses requisitos. Os modelos de excelência contém critérios que permitem uma avaliação comparativa do desempenho da organização e é aplicável a todas as partes interessadas de uma organização. Os critérios de avaliação dos modelos de excelência fornecem uma base para uma organização comparar o seu desempenho com o desempenho de outras organizações.

Acompanhe na tabela abaixo as principais diferenças entre os requisitos da Norma ISO 9004 e os critérios do PGQP e QUALI-MT:

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 1-Gestão Estratégica, 3-Gestão pela Qualidade, FNQ-Fundação Nacional da Qualidade, ISO 9001, ISO 9004, PGQP, Posts de Hélio Rocha, Programa QUALI-MT, Quali Mato Grosso

imagesFoi publicada no mês de fevereiro de 2013, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas, a ABNT NBR 15.575 – Desempenho de Edificações Habitacionais, mais conhecida como Norma de Desempenho.  A Norma passa a vigorar no dia 19 de julho de 2013, ou seja, após 150 dias da sua publicação, podendo ser exigida a partir desta data nos projetos que forem protocolados para aprovação nos órgãos públicos.

Para a engenheira e assessora técnica da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Geórgia Bernardes, trata-se de uma Norma de grande importância que cria um marco regulatório no setor da construção civil.

“A publicação da NBR 15.575 ocorre em momento oportuno para o mercado da construção civil, o de sustentação do crescimento verificado nos últimos anos com agregação de valores imprescindíveis aos nossos imóveis, como segurança, qualidade e conforto”, explica Bernardes.

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, Certificação de Produtos, Minha Casa, Minha Vida, PBQP-H, Posts da Fernanda Daniele Rusch, SiAC - Nível A, SiAC - Nível C

Dando continuidade ao post anterior (clique aqui).

Muitas empresas / organizações que já possuem um determinado nível de maturidade em seu sistema de gestão por já possuírem, ou a ISO 9001 ou algumas iniciativas voltadas ao atendimento de critérios de um modelo de excelência, por exemplo, PGQP ou QUALI-MT e que desejam incrementar este sistema adotando um modelo similar ao que já possuem, muitas vezesdeparam-se com o seguinte dilema: Já tenho um, por que implementar o outro? Para responder esta pergunta, alguns fatores de ordem prática devem ser considerados, como por exemplo:

  • Reconhecimento: o certificado ISO 9001 é reconhecido internacionalmente, já o sistema de gestão baseado em critérios de excelência pode possuir um reconhecimento mais limitado, dependendo da abordagem que a organização utiliza. Por um exemplo, um prêmio estadual recebido por uma organização, pode não ser reconhecido, para fins comerciais, em outros países;
  • Pressão do mercado: foi a partir da década de 80 que as empresas passaram a ter um maior grau de integração internacional, onde se buscou adequação aos procedimentos da Internacional Organization for Standartization lançados em 1987 (ISO 9000). Indústrias de ponta passaram a cobrar dos seus fornecedores a certificação, a exemplo da indústria automobilística, que qualificou toda a cadeia produtiva automotiva cobrando rígidos padrões de qualidade e um elevado grau de exigência, “sugerindo” a seus fornecedores que se certificassem na norma ISO 9001. Resultado: ou a empresa se certifica ou está fora!

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 1-Gestão Estratégica, 3-Gestão pela Qualidade, FNQ-Fundação Nacional da Qualidade, ISO 9001, ISO 9004, PGQP, Posts de Hélio Rocha, Programa QUALI-MT, Quali Mato Grosso

Baseando-se na lei da física, que diz que “dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo”, posso afirmar que esta premissa não é adequada quando se pensa em integrar os critérios do PGQP (Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade) e do Programa QUALI-MT com os requisitos da ISO 9001! O PGQP e Programa QUALI-MT, desenvolvidos a partir dos critérios do MEG (Modelo de Excelência da Gestão), e ISO 9001 podem “conviver” de forma harmoniosa nas empresas / organizações.

Meu principal objetivo, com este “post”, é fazer uma análise comparativa dos três “sistemas” com a finalidade de fornecer uma visão abrangente às empresas / organizações que possuem um dos “sistemas” e pretendem implementar o outro, ou até mesmo para aquelas que pretendem implementar os dois ao mesmo tempo, como é o caso de algumas empresas / organizações que já atendi ou estou atendendo em projetos de consultoria.

CapturarMinha primeira experiência que comprova esta “nova lei da física” aconteceu quando estava implementando os requisitos da ISO 9001 em uma empresa / organização que já possuía a cultura dos 8 princípios da gestão pela qualidade, participando do processo de avaliação interna / externa do PGQP.

A empresa chama-se Indústria Gráfica Sul Ltda., cujo nome fantasia é Gráfica Rex, sendo que esta história aconteceu em 1997.

No término do projeto de implementação dos requisitos da ISO 9001, esta empresa conquistou a medalha de bronze do PGQP, confirmando a quebra desta “antiga lei da física”!

Leia mais clicando aqui »

Categorias: 1-Gestão Estratégica, 3-Gestão pela Qualidade, FNQ-Fundação Nacional da Qualidade, ISO 9001, ISO 9004, PGQP, Posts de Hélio Rocha, Programa QUALI-MT, Quali Mato Grosso

CapturarA Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) acaba de lançar uma nova plataforma de comunicação on-line com a missão de estimular e apoiar as organizações para o desenvolvimento de sua gestão.

O objetivo do novo portal da FNQ (clique aqui) é tornar-se um centro de conhecimento, pautado pela colaboração dos usuários e pela disseminação de conteúdo sobre gestão e boas práticas empresariais.

Com a nova plataforma, a instituição reforça uma de suas missões, que é expandir o conhecimento para organizações de todos os portes e setores, sendo indispensável para que elas busquem a excelência e aumentem a sua competitividade.

Para ampliar a interação e participação do usuário no portal foram inseridas novas funcionalidades, que incentivam a sua participação, como a Pergunta da Semana, Enquetes, além da melhoria em diversas seções como a Comunidade de Boas Práticas, ferramenta em que profissionais e empresários de todas as áreas do conhecimento podem postar uma boa prática e auxiliar outros profissionais a melhorarem a gestão organizacional. Outra proposta é reconhecer os usuários mais ativos por meio de um sistema de pontuação, que atribuirá medalhas de acordo com o nível de colaboração com o portal.

O usuário ainda encontrará uma navegação mais simples e intuitiva, adequada às mais modernas plataformas, informações mais frequentes e interação com as redes sociais.


Categorias: 3-Gestão pela Qualidade, Dica de "Website", FNQ-Fundação Nacional da Qualidade, PGQP, Posts de Hélio Rocha, Quali Mato Grosso

« Posts anteriores